Leia também:
X Bolsa Família: CGU aponta fraudes em 345 mil cadastros

Ministro da Saúde diz que irá deixar o cargo por eleições

Ricardo Barros irá tentar se reeleger deputado federal. Ele afirmou que ainda não tem data para sair

Henrique Gimenes - 04/01/2018 17h01 | atualizado em 14/03/2018 15h59

Ministro da Saúde, Ricardo Barros afirmou que irá deixar o cargo para disputar as eleições Foto: Agência Brasil/José Cruz

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, informou, nesta quinta-feira (4), que irá sair do cargo para tentar a reeleição de deputado federal nas eleições deste ano. A declaração foi dada em entrevista coletiva sobe sobre a execução orçamentária do Ministério da Saúde no ano passado.

Apesar de não ter definido uma data específica, Ricardo Barros afirmou que irá continuar no cargo até o momento da saída. Para concorrer no pleito, os ministros devem deixar suas respectivas pastas antes do dia sete do mês de abril.

– Eu vou sair para disputar a eleição. Vou concorrer à eleição como deputado federal e fico no ministério até a data que o presidente me solicitar, desde que seja até sete de abril – afirmou.

Ricardo Barros não será o primeiro ministro do governo do presidente Michel Temer a deixar o cargo para disputar as eleições. Os ministros do Trabalho, Ronaldo Nogueira (PTB), e da Indústria e Comércio Exterior, Marcos Pereira (PRB) já chegaram a pedir demissão.

Leia também1 Cristiane Brasil será a nova ministra do Trabalho
2 Câmara exonera 40 funcionários de Maluf e Celso Jacob

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.