Leia também:
X Polícia aguarda laudo para esclarecer morte de ator do SBT

Ministro da CGU rebate acusação de Aziz e dá recado ao senador

Durante CPI da Covid, Omar Aziz chamou Wagner Rosário de "prevaricador"

Henrique Gimenes - 15/09/2021 20h52 | atualizado em 16/09/2021 10h18

Ministro Wagner Rosário rebateu o senador Omar Aziz após ser chamado de prevaricador Foto: Arte/Pleno.News

Após o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid pedir a inclusão do nome do ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) no relatório final do colegiado, o próprio Wagner Rosário rebateu a declaração de Omar Aziz. Em suas redes sociais, o ministro disse que “calúnia é crime”.

O pedido foi feito por Aziz ao relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL). Durante sessão do colegiado, o senador afirmou que o ministro da CGU cometeu crime de prevaricação.

– Wagner Rosário é um prevaricador. Ele tem que vir mesmo aqui. Como ele sabia que Roberto Dias [ex-diretor de Logística da pasta federal] estava operando dentro do Ministério da Saúde e não tomou providência? Ele tem que explicar. Não são as operações que ele fez, não, mas a omissão dele em relação ao governo federal […] A CGU esteve na casa de Marconny, levaram o fato material e não tomaram providência – apontou.

Wagner Rosário não se deixou abalar e disse que aguarda a convocação para depor à CPI.

– Senador Omar Aziz, calúnia é crime!!! A autoridade antecipar atribuição de culpa, antes de concluídas as apurações e formalizada a acusação também é crime!!! Aguardando ansiosamente sua convocação – afirmou.

O presidente da CPI, no entanto, decidiu responder.

– Prevaricação também é crime – retrucou.

Leia também1 CPI aprova convocação de Ana Cristina, ex-esposa de Bolsonaro
2 'Nenhum de verde e amarelo é mais patriota do que nós aqui'
3 Lira: Alterar lei do impeachment 'foge do escopo' da CPI
4 Juristas citam supostos crimes de responsabilidade de Bolsonaro
5 Pastor que testemunhou facada sobre CPI: 'Frota é mau-caráter'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.