Leia também:
X Eleições: Paes lidera com 25% de intenções no Rio de Janeiro

Ministro Celso de Mello antecipa sua aposentadoria do STF

Ele informou que irá deixar o cargo no dia 13 de outubro

Henrique Gimenes - 25/09/2020 17h06 | atualizado em 25/09/2020 19h07

Ministro Celso de Mello, do STF Foto: Divulgação/Carlos Moura

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu antecipar sua aposentadoria da Corte. Ele deveria sair do tribunal no dia 1º de novembro, quando completa 75 anos, mas em comunicado enviado à Presidência do STF, informou que deixará o cargo no dia 13 de outubro.

Com a saída de Celso de Mello, caberá ao presidente Jair Bolsonaro indicar um novo nome para ocupar uma das vagas no STF. O escolhido poderá ficar no cargo até completar 75 anos de idade, a idade máxima da aposentadoria compulsória.

Celso de Mello foi indicado pelo ex-presidente José Sarney em 1989 e está há 31 anos na Corte.

Leia também1 Bolsonaro sobre pandemia: 'Não fugi da minha responsabilidade'
2 Pazuello publica nova portaria sobre aborto em casos de estupro
3 Augusto Aras insiste que Jair Bolsonaro deponha por escrito
4 Flordelis pede que STF suspenda uso de tornozeleira eletrônica
5 Crítico do STF, Otoni garante que "enfrenta qualquer represália"

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.