Leia também:
X Bolsonaro viaja ao litoral de SC para celebrar a virada de ano

Ministério da Saúde diz que vacina para crianças é segura

Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 elaborou nota técnica sobre o assunto

Pleno.News - 27/12/2021 12h57 | atualizado em 27/12/2021 13h09

Criança boliviana recebendo vacina
Criança boliviana recebendo vacina Foto: EFE/Jorge Abrego

A Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, do Ministério da Saúde, elaborou uma nota técnica em que reforça a segurança da aplicação das vacinas em crianças.

– Antes de recomendar a vacinação da Covid-19 para crianças, os cientistas realizaram testes clínicos com milhares de crianças, e nenhuma preocupação séria de segurança foi identificada – escreveu a chefe da pasta, Rosane Leite de Melo.

A posição foi externada ao Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito de uma ação movida pelo PT, quando a Advocacia-Geral da União (AGU) pediu mais prazo para fornecer um calendário de vacinação contra o coronavírus.

A nota também lembra que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deu autorização emergencial para o uso de vacinas contra o coronavírus em crianças no dia 16. O produto da Pfizer também já é aplicado no exterior, em lugares como Estados Unidos e Europa.

Para reforçar a segurança dos imunizantes, a secretaria do Ministério da Saúde ressaltou ainda que as vacinas são acompanhadas “com o programa de monitoramento de segurança mais abrangente e intenso da história do Brasil”.

– O PNI (Plano Nacional de Imunização) monitora a segurança de todas as vacinas [contra a] Covid-19 depois que as vacinas são autorizadas ou aprovadas para uso, incluindo o risco de miocardite em pessoas acima de 12 anos de idade – disse a pasta.

*AE

Leia também1 Covid: Israel anuncia testes com quarta dose da vacina da Pfizer
2 OMS explica vídeo em que Tedros parece dizer que reforço da vacina "mata crianças"
3 Caetano Veloso e Paula Lavigne testam positivo para Covid-19
4 Arcebispo de Aparecida pede a Jesus ajuda na vacinação infantil
5 Bolsonaro sobre vacina infantil: "É o pai que decide, em 1° lugar"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.