Leia também:
X “Continuarei trabalhando pela comunidade surda”, diz Michelle

Milton Ribeiro rebate jornal e diz que fala ficou fora do contexto

Ministro divulgou nota neste sábado contra conteúdo publicado pelo jornal O Estado de S. Paulo

Ana Luiza Menezes - 26/09/2020 22h03 | atualizado em 26/09/2020 22h09

Ministro da Educação, Milton Ribeiro Foto: PR/Isac Nóbrega

Após conceder uma entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o ministro da Educação, Milton Ribeiro divulgou uma nota para rebater o modo com suas declarações foram publicadas. Neste sábado (26), o ministro afirmou que suas declarações, a respeito de família e homossexualidade, foram tiradas do contexto.

– Quanto à reportagem veiculada no jornal ‘O Estado de São Paulo’, venho esclarecer que minha fala foi interpretada de modo descontextualizado. Jamais pretendi discriminar ou incentivar qualquer forma de discriminação em razão de orientação sexual. Ademais, trechos da fala, retirados de seu contexto e com omissões parciais, passaram a ser reproduzidos nas mídias sociais, agravando interpretação equivocada e modificando o real sentido daquilo que se pretendeu expressar – disse ele.

Ribeiro também deixou um recado para pessoas que se ofenderam diante do conteúdo divulgado. Ele ressaltou seu respeito a todos os cidadãos brasileiros.

– Por fim, diante de meus valores cristãos, registro minhas sinceras desculpas àqueles que se sentiram ofendidos e afirmo meu respeito a todo cidadão brasileiro, qual seja sua orientação sexual, posição política ou religiosa – concluiu.

Declarações do ministro Foto: Reprodução

Leia também1 Milton Ribeiro: "Educação sexual não pode promover a erotização"
2 "Continuarei trabalhando pela comunidade surda", diz Michelle
3 Jair Bolsonaro recebe alta um dia após cirurgia e retorna à Brasília
4 Justiça penhora imóvel de Ciro como indenização a Collor
5 Web protesta e cria a campanha #MaiaEAlcolumbreNuncaMais

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.