Leia também:
X Homem atacado por tubarão também tem mão amputada

Mesmo fora do governo, Cabral quis receber propina

Delator revelou que ex-governador exigiu pagamentos após a renúncia ao cargo

Gabriela Doria - 21/04/2018 14h33

Sérgio Cabral exigiu propinas até quando não era mais governador Foto: Reprodução

O ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, teria exigido propina até quando saiu do cargo, segundo um dos delatores da Lava Jato. A revelação foi feita pelo operador Carlos Miranda, o “homem da mala” do emedebista e que agora colabora com o Ministério Público Federal (MPF).

Miranda, que foi assessor parlamentar de Cabral por mais de 10 anos, disse que o ex-governador continuou recebendo “mesadas” do empresário Marco Antonio de Luca. Em contrapartida, de Luca seria indicado para ser fornecedor do Comitê Olímpico da Rio-2016.

O empresário chegou a ser preso durante a operação Ratattouille, desdobramento da Lava-Jato no Rio.

Leia também1 Sérgio Cabral vira réu pela 23ª vez na Lava Jato
2 Cabral vai para Bangu e defesa quer transferi-lo para Benfica
3 Lava Jato prende empresários no Rio, SP e Brasília

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.