Leia também:
X Ator da Globo ironiza causa da internação de ministro na UTI

Mendes diz que membros da Lava Jato são “gente ordinária”

Ministro usou como base para suas críticas as reportagens dos sites UOL e The Intercept

Pedro Ramos - 28/08/2019 10h42 | atualizado em 28/08/2019 13h57

Ministro Gilmar Mendes Foto: STF/Rosinei Coutinho

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, chamou os membros da força tarefa da Operação Lava Jato de “gente ordinária”. A declaração foi feita na última terça-feira (27) em meio a sessão da 2ª turma do STF.

– Que gente ordinária. Se achavam soberanos. E nós somos cúmplices. É altamente constrangedor para este tribunal. Gente tramando patifaria no submundo – disse o ministro.

A declaração foi feita em referência às supostas conversas que foram divulgadas entre o site UOL e The Intercept.

Mendes ainda afirmou que os membros da Lava Jato são pessoas “com uma mente muito obscura”.

– A república de Curitiba nada tem de republicana, era uma ditadura completa (…) Assumiram papel de imperadores absolutos. Gente com uma mente muito obscura – declarou o ministro.

Leia também1 Macron foi rechaçado pelos membros do G7, diz Eduardo
2 Ministro Ricardo Salles é internado em hospital no DF
3 Presidente do Chile visita Bolsonaro após retorno do G7

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.