Leia também:
X Sergio Moro inicia articulações no DF e defende teto de gastos

MBL processa Jean Wyllys por chamar grupo de “quadrilha”

Para o movimento, declaração do ex-parlamentar pode consistir em "calúnia, injúria e difamação"

Thamirys Andrade - 04/11/2021 10h58 | atualizado em 04/11/2021 11h39

Jean Wyllys Foto: Reprodução/TV Globo

O Movimento Brasil Livre (MBL) entrou com ação contra Jean Wyllys após o ex-deputado federal chamar o grupo de “formação de quadrilha”, ao comentar a participação do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, em um congresso do movimento.

A fala de Wyllys ocorreu em comentário a uma reportagem intitulada Moro se junta ao MBL e Danilo Gentili visando 2022. Para o MBL, a declaração do ex-parlamentar pode consistir em “calúnia, injúria e difamação”.

– É dúbia e ambígua a narrativa e afirmação […], motivo pelo qual a presente Interpelação Judicial se faz imperiosa, uma vez que não fica claro se as ilações ventiladas pelo Requerido tentam imputar ao Requerente, ao Movimento e seus membros condutas ilícitas, imorais e criminosas, sendo indiscutível que as imputações levantadas pelo Interpelado podem consistir em calúnia, injúria e difamação, podendo ter sido realizadas de forma intencional, racional e orquestrada por ele – diz a ação.

O grupo diz ainda que o comentário pode alcançar número expressivo de seguidores e difundir ideias “equivocadas”.

– Tal narrativa, teoricamente difamatória e caluniosa, pode ter alcançado número expressivo de seus seguidores que, somadas às curtidas e [aos] compartilhamento das publicações até a presente data, somam mais de 500 leitores que tomaram conhecimento das palavras dúbias, ambíguas e equivocadas – acrescentou o MBL.

Interpelação Judicial Crimi… by Tacio Lorran Silva

Leia também1 Sergio Moro inicia articulações no DF e defende teto de gastos
2 Votação da PEC dos Precatórios continuará na próxima terça
3 Ciro Gomes anuncia suspensão da pré-candidatura ao Planalto
4 Saiba quais deputados votaram contra a PEC dos Precatórios
5 Com 312 votos, Câmara aprova PEC dos Precatórios em 1° turno

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.