Leia também:
X Camargo diz que vai processar Martinho da Vila por racismo

MBL dará pão com mortadela durante convocação para ato

Ideia surgiu após críticas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro

Thamirys Andrade - 18/08/2021 10h29 | atualizado em 18/08/2021 10h58

Deputado Kim Kataguiri é um dos líderes do MBL Foto: Reprodução

O Movimento Brasil Livre (MBL) realizará neste sábado (21) um novo evento de convocação para promover o protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), marcado para o dia 12 de setembro. Durante o chamado “adesivaço”, o grupo irá distribuir pão com mortadela como estratégia de divulgação.

A ideia surgiu após o movimento oferecer cerveja durante a convocação deste sábado (12), com dose extra para aqueles que levaram comprovante de vacinação contra a Covid-19. Apoiadores do presidente criticaram a iniciativa e compararam o uso da cerveja com “o novo pão com mortadela”.

A manifestação do dia 12 contará com o apoio dos movimentos Vem Pra Rua e Livres, além do Partido Novo. O protesto ocorrerá cinco dias após o ato em favor do chefe do Executivo.

O MBL surgiu durante os protestos de 2013 e ganhou força nas manifestações pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

Leia também1 Camargo diz que vai processar Martinho da Vila por racismo
2 MPF denuncia Allan dos Santos por suposta ameaça a Barroso
3 Câmara aprova texto-base do 2° turno da minirreforma eleitoral
4 Subprocuradores pedem que PGR investigue Jair Bolsonaro
5 STF define nova data para julgar autonomia do Banco Central

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.