Leia também:
X Fiocruz e Butantan retomam produção de vacinas nesta terça

CPI: Mayra diz que não recebeu ordem para uso da cloroquina

Secretária também disse não saber quem foi responsável por ordenar ao Exército a ampliação da produção do remédio

Paulo Moura - 25/05/2021 11h25 | atualizado em 25/05/2021 11h58

Mayra Pinheiro presta depoimento na CPI da Covid Foto: Agência Senado/Jefferson Rudy

Em seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, na manhã desta terça-feira (25), a pediatra Mayra Pinheiro, secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, afirmou que nunca recebeu ordem do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, ou do presidente Jair Bolsonaro para defender o uso da cloroquina contra a Covid-19.

Aos senadores, Mayra também disse não saber quem foi o responsável por ordenar ao Exército que ampliasse a produção de cloroquina e afirmou que o ex-ministro da Saúde na época do acontecimento, Luiz Henrique Mandetta, deveria saber tal informação.

– Eu não sei dizer [quem ordenou]. O ministro Mandetta deveria saber. Eu não sei informar – declarou.

Sobre a crise sanitária em Manaus, Mayra afirmou, antes de responder às perguntas dos senadores, que, para vencer a pandemia de Covid-19, “precisaríamos de mais e maiores medidas de produção individual, de vacinas, mas também de medicamentos”.

Leia também1 Anvisa recebe novo pedido de importação da vacina Covaxin
2 Mariana Godoy é alvo de críticas nos bastidores. Record TV nega
3 Assista! Mayra Pinheiro presta depoimento na CPI da Pandemia
4 "Reforma tributária precisa sair este ano", afirma Pacheco
5 Covid reativa vírus ancestral e leva a caso mais grave da doença

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.