Leia também:
X Marido de baleada na cabeça agradece a Deus por melhora

Marun: Governo vai insistir na posse de Cristiane Brasil

Para o ministro da Secretaria de Governo, STF deve decidir pela liberação

Henrique Gimenes - 22/01/2018 16h08 | atualizado em 22/01/2018 20h54

Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, diz que governo irá insistir no nome de Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho Foto: Agência Brasil/Valter Campanato

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou, nesta segunda-feira (22), que o governo irá insistir para Cristiane Brasil (PTB-RJ) assumir o comando do Ministério do Trabalho. Após o Superior Tribunal de Justiça (STJ), no sábado (20), liberar a deputada para assumir o cargo, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, voltou a suspender sua posse.

Segundo Marun, a decisão da presidente do STF teria sido técnica, mas é importante preservar as prerrogativas do presidente da República para nomear ministros de governo. Para ele, a Corte deve aceitar a nomeação, já que “novelas sempre têm um final feliz”.

– O governo mantém a serenidade e obviamente insistirá nessa luta judicial pela preservação das prerrogativas do presidente. Temos confiança no bom senso das decisões judiciais, que vão garantir a posse da ministra escolhida pelo presidente – ressaltou.

O ministro também destacou que o PTB poderia indicar outro nome para o Ministério do Trabalho, mas que a intenção não é essa. De acordo com Carlos Marun, apesar da troca da indicação ser uma solução mais fácil, o presidente Michel Temer considera o nome de Cristiane Brasil como “positivo”.

– É mais fácil, eu até poderia responder que seria mais fácil, mas não é esse, neste momento, o pensamento do governo. Um governo que se propõe a fazer as reformas necessárias não pode optar pelo caminho mais fácil – disse.

Leia também1 Collor diz que é pré-candidato à Presidência da República
2 Força Sindical vai ao STF por reajuste do salário mínimo

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.