Leia também:
X Lula teve mercadoria retida após visitar Chávez, diz site

Marinho: PT utiliza máquina do Estado para coagir big techs

Líder da oposição no Senado chamou postura do governo de "ditatorial"

Marcos Melo - 02/05/2023 18h17 | atualizado em 02/05/2023 18h39

Rogério Marinho Foto: Reprodução/Twitter

O líder da oposição no Senado, Rogério Marinho (PL-RN), usou seu Twitter, nesta terça-feira (2), para criticar a postura do governo federal acerca do projeto de lei apelidado de PL da Censura e a “postura ditatorial” como vem gerindo o enfrentamento com as big techs.

Gigantes da tecnologia como Google, Meta e Spotify, se posicionaram publicamente contra a aprovação da proposição, o que produziu enorme ira nos governistas. Nesta terça, diversas medidas foram tomadas contra essas empresas pela disseminação de críticas ao projeto.

O PT aplaudiu plataformas que removeram, a bel-prazer, perfis e páginas de opositores durante a eleição passada. Agora, em postura ditatorial, utiliza a máquina do Estado para coagir empresas de tecnologia a ecoarem apenas o discurso que lhe convém – disparou o senador.

Leia também1 PL das Fake News: Cade investiga as empresas Google e Meta
2 Alexandre de Moraes manda PF ouvir Google, Meta e Spotify
3 Barroso sobre PL das Fake News: “Regulação é absolutamente inevitável”
4 Líder do governo na Câmara acusa Google de "chantagem"
5 Flávio Dino empreende guerra ao Google e busca punição penal

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.