Leia também:
X Lira comenta desfile com tanque e fala em “trágica coincidência”

Marinha: Desfile com tanques não tem relação com PEC do voto auditável

Nota emitida nesta segunda-feira esclarece propósito da exibição que acontecerá em Brasília

Ana Luiza Menezes - 09/08/2021 21h23 | atualizado em 10/08/2021 11h44

Marinha do Brasil Foto: Divulgação/Marinha do Brasil

Nesta segunda-feira (9), a Marinha do Brasil informou, em nota, que a exibição de veículos blindados e armamentos nesta terça (10), em Brasília, não tem relação com a votação da PEC do voto auditável pela Câmara dos Deputados.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), incluiu a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso auditável na pauta da Casa nesta terça-feira. A previsão é de que os parlamentares comecem a votar o texto a partir das 15h.

A exibição das Forças Armadas foi anunciada para acontecer às 8h30 de terça-feira, em frente ao Palácio do Planalto, com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

– Essa entrega simbólica foi planejada antes da agenda para a votação da PEC 135/2019 no plenário da Câmara dos Deputados, não possuindo relação com a mesma ou [com] qualquer outro ato em curso nos Poderes da República – afirmou a Marinha.

Veja, abaixo, a íntegra da nota divulgada pela Marinha:

Com relação à Operação Formosa 2021, a Marinha do Brasil (MB) esclarece os seguintes pontos:

a) A Operação é realizada desde 1988, no Campo de Instrução de Formosa (CIF), com o propósito de assegurar o preparo do Corpo de Fuzileiros Navais como força estratégica, de pronto emprego e de caráter anfíbio e expedicionário, conforme previsto na Estratégia Nacional de Defesa. Este ano, de forma inédita, haverá também a participação de meios do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, de modo a incrementar a interoperabilidade das Forças Armadas do país.

b) Anualmente, diversas autoridades dos Poderes da República são convidadas para assistir ao dia de Demonstração Operativa, que, este ano, ocorrerá em 16 de agosto. Serão convidados o presidente da República, o vice-presidente da República, os ministros de Estado, bem como os presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, além de diversas autoridades.

c) A entrega do convite ao presidente da República foi planejada para contemplar um comboio composto por algumas das principais viaturas, cujo total da Operação é 150, e que iniciaram o deslocamento para o Planalto Central desde o dia 08 de julho. Desse comboio, 14 viaturas ficarão em exposição durante essa terça-feira (11), em frente ao prédio da Marinha na Esplanada dos Ministérios. Os eventos buscam valorizar e apresentar, à sociedade brasileira, o aprestamento dos meios operativos da nossa Marinha.

d) Cabe destacar que essa entrega simbólica foi planejada antes da agenda para a votação da PEC 135/2019 no plenário da Câmara dos Deputados, não possuindo relação com a mesma ou [com] qualquer outro ato em curso nos Poderes da República.

Leia também1 Lira comenta desfile com tanque e fala em "trágica coincidência"
2 Osmar Terra: 'Apoiarei amanhã o voto impresso e auditável'
3 PEC do voto auditável entra na pauta da Câmara desta terça
4 Arthur Lira diz que assunto do voto auditável "chegou ao limite"
5 Bolsonaro participará de desfile de tanques de guerra em Brasília

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.