Leia também:
X Esposa é suspeita de participar da morte de agropecuarista

Marco Aurélio Mello: Votar no Lula seria trair minha trajetória

Ex-ministro do STF comentou seus critérios de escolha nas eleições

Thamirys Andrade - 28/09/2022 16h13 | atualizado em 29/09/2022 13h03

Ex-ministro Marco Aurélio Mello Foto: STF/Nelson Jr

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello revelou suas pretensões de voto nestas eleições presidenciais. Mello manteve a declaração de voto no presidente Jair Bolsonaro (PL) em um eventual segundo turno contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Ao UOL News, o ex-juiz afirmou que não vota mais no petista.

– Não poderia votar em um candidato, muito embora tenha o feito no passado, que foi condenado em processos-crime quatro vezes, por crime contra a administração pública. Eu estaria traindo minha trajetória como juiz atuante em colegiado – afirmou.

O candidato do Partido dos Trabalhadores foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro pela operação Lava Jato, mas teve as condenações anuladas após o STF entender que a 13ª Vara Federal de Curitiba é incompetente para processar e julgar o ex-presidente. Marco Aurélio foi um dos ministros que se opôs à decisão, além de Luiz Fux e Kassio Nunes Marques.

Leia também1 Vídeo de Moraes fazendo gesto de degola gera polêmica
2 UOL diz que degola de Moraes foi brincadeira com assessor
3 Lula: “Não é possível um cidadão com 81 anos querer a reeleição”
4 Neymar agradece Bolsonaro por ida a instituto: "Queria estar junto"
5 TCU fará nova etapa de auditoria das urnas no dia da eleição

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.