Leia também:
X Em SP, Cadela que ajudou em Brumadinho se aposenta

Marco Aurélio diz que “a corda está muito esticada”

Ex-ministro se diz preocupado com os "ânimos” entre os Poderes

Monique Mello - 07/08/2021 18h32 | atualizado em 07/08/2021 20h09

Ex-ministro Marco Aurélio Mello Foto: Felipe Sampaio/STF

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, mostrou-se “preocupado” com o “acirramento bilateral de ânimos” entre os Poderes Executivo e Judiciário. Em entrevista ao jornal Valor Econômico deste sábado (7), o ex-decano chegou a mencionar que o presidente Jair Bolsonaro está ‘esticando a corda’

– A corda está muito esticada. Falta compreensão, temperança e serenidade. Perdem as instituições, a democracia e a República – disse.

Mello refere-se ao embate entre o Bolsonaro e o judiciário, com declarações e críticas calorosas por parte do chefe do Executivo.

Bolsonaro está cada vez mais subindo o tom, sobretudo após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), comandado por Barroso, iniciar investigação para apurar as denúncias de fraude das urnas eletrônicas dadas por ele. No STF, o nome do presidente ainda foi incluído no inquérito das Fake News por Alexandre de Moraes.

 

Leia também1 Web volta a se unir em apoio e diz: #BolsonaroOrgulhoDoBrasil
2 Nas redes sociais, Lira defende a separação entre poderes
3 Bolsonaro ataca STF e Lula: "Não continuem nos provocando"
4 Bolsonaro: "Querem decidir as coisas no tapetão no Brasil"
5 Lula diz que nas eleições 2018 o 'golpe' foi de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.