Leia também:
X Jornalista vai cobrir acidente e descobre que seu filho morreu

“Marcharei para onde o povo apontar”, diz Jair Bolsonaro

Presidente discursou em formatura militar no Rio de Janeiro

Monique Mello - 08/06/2022 12h42 | atualizado em 08/06/2022 12h50

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou nesta quarta-feira (8) durante formatura do Curso Especial de Habilitação para Promoção a Sargento, na Marinha, no Rio de Janeiro. Em suas falas, o chefe do Executivo apontou que o Brasil vive um momento difícil em razão da pandemia, mas que isso não é uma exclusividade do país.

– O Brasil vive momento difícil, uma pós-pandemia e uma guerra que atinge a toda a humanidade. O que sofremos aqui não é exclusividade do nosso Brasil, mas acreditamos, temos fé, que sairemos vitoriosos – iniciou Bolsonaro.

O presidente também exaltou as Forças Armadas e reforçou temas como fé e família.

– Forças Armadas, guardiãs da nossa Constituição. Forças Armadas, respeitadas e garantidoras da nossa democracia e da nossa liberdade. Vivemos momentos difíceis, mas não podemos e não devemos nos lamuriar por isso. Muito pelo contrário, devemos dar graças a Deus porque por nós, hoje aqui presentes, todos nós, o futuro da nossa pátria. E a nós caberá a decisão, mais cedo ou mais tarde, porque temos realmente um futuro pela frente, mas não o nosso, o dos nossos filhos e dos nossos netos – declarou.

Em seguida, Bolsonaro afirmou que “marchará para onde o povo apontar”.

– Eu hoje tenho orgulho de dizer que tenho um governo que acredita em Deus, que respeita os seus militares, que defende a família brasileira e deve lealdade a seu povo. Eu marcharei para onde o povo assim apontar. O Brasil é nosso! – exclamou.

No Rio de Janeiro, além do compromisso com a Marinha, Bolsonaro tem encontro com empresários promovido pela Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). Ainda nesta quarta, o presidente retornará a Brasília, de onde deve decolar para os Estados Unidos.

Leia também1 "Nós não vamos fazer papel de idiotas", afirma Bolsonaro
2 Jantar com Lula em SP terá ingressos de R$ 3 mil a R$ 20 mil
3 Bolsonaro indica Carlos Portinho como líder governista no Senado
4 Bolsonaro critica decisão do STF sobre Francischini: 'Tenho a obrigação de agir. Não vou viver como um rato'
5 Bolsonaro: Tenho a família toda perseguida, esposa processada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.