Leia também:
X Bolsonaro a Doria: “Vai ameaçar o presidente? Não tem moral”

Marcelo Freixo anuncia saída do PSOL e deve ingressar no PSB

Deputado visa buscar "ampliação do diálogo com todas as forças políticas"

Pleno.News - 11/06/2021 09h18 | atualizado em 11/06/2021 10h29

Deputado Marcelo Freixo Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

O deputado federal Marcelo Freixo anunciou nesta sexta-feira (11) sua saída do PSOL, partido do qual fez parte durante 16 anos. De acordo com o parlamentar, em publicação em suas redes sociais, a decisão foi “longamente amadurecida” e tomada devido à necessidade de uma “ampliação do diálogo e a construção de uma aliança com todas as forças políticas”. Freixo já está com sua ida encaminhada para o PSB, partido onde deverá colocar-se como pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro.

O parlamentar agradeceu ao PSOL e afirmou que hoje “encerra esse ciclo” e que, apesar de não estar mais no partido, ele e seus antigos correligionários seguirão “na mesma trincheira de defesa da vida, da democracia e dos direitos do povo brasileiro”.

De olho no pleito do ano que vem, o deputado afirma que as eleições de 2022 “serão um plebiscito nacional sobre a Constituição de 1988”.

– Por isso nós, democratas, não temos o direito de errar: do outro lado está a barbárie da fome, da morte e da devastação – declarou.

O parlamentar se diz dedicado agora à construção de pontes, “reafirmando o valor do diálogo e o papel da política como meio de resolvermos de forma pacífica os problemas do nosso país”. E concluiu: “O nosso dever histórico é derrotar Bolsonaro nas urnas e o bolsonarismo enquanto projeto de sociedade. E sei que o PSOL e eu estaremos do mesmo lado para cumprir essa tarefa”.

Na quinta-feira (10), Freixo se reuniu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e outras lideranças de esquerda do Rio, durante três horas. O encontro foi fechado, mas o Estadão apurou que o petista defendeu a importância de buscar o centro na composição eleitoral de 2022 e disse que a conciliação é uma característica do seu modo de fazer política.

Além de Freixo, participaram do encontro Alessandro Molon (PSB), Jandira Feghali (PCdoB) e Benedita da Silva (PT), a presidente e o vice do diretório nacional do PT, Gleisi Hoffmann e Washington Quaquá. Deputados estaduais e vereadores petistas também estiveram presentes. A reunião ocorreu em um hotel na orla de Copacabana, na zona sul da cidade.

*Estadão

Leia também1 Amoêdo volta atrás e renuncia à candidatura presidencial
2 Bolsonaro a Doria: "Vai ameaçar o presidente? Não tem moral”
3 Ao STF, Augusto Aras defende governadores na CPI da Covid
4 PGR diz ao STF que é contra afastamento e prisão de Salles
5 Bolsonaro: 'Cresceremos 4% este ano; sem pandemia, seria 8%'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.