Leia também:
X Aos 78 anos, morre o escritor Sérgio Sant’Anna

Marcelo de Carvalho critica decreto de Bruno Covas

Vice-presidente da Rede TV! disse que rodízio de carros é "absolutamente inútil"

Rafael Ramos - 10/05/2020 11h22 | atualizado em 10/05/2020 11h24

Marcelo de Carvalho criticou medidas da Prefeitura sobre isolamento social Foto: Reprodução

Vice-presidente da Rede TV!, Marcelo de Carvalho criticou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, pelas medidas tomadas para conter a contaminação do coronavírus pela cidade. Durante o programa Mega Senha, o apresentador questionou a ampliação de rodízio de veículos a partir desta segunda-feira (11).

– Acho isso absolutamente errado. As pessoas que poderiam trabalhar com seu carrinho não poderão mais. Os transportes públicos estão com a movimentação reduzida, ou seja, têm menos disponibilidade. Vai andar mais gente de transporte público e, portanto, com maior possibilidade de contato. Acho esse tipo de medida absolutamente inútil, prejudica muitas categorias.

Marcelo ainda sugeriu que Bruno Covas pensasse mais antes de emitir um decreto que vai contra o Brasil e uma grande metrópole como São Paulo. Pelo Twitter, ele ainda comparou a Prefeitura à Escolinha do Professor Raimundo.

– Eu sinceramente me pergunto se eles têm uma espécie de Escolinha do Professor Raimundo e quem dá a ideia mais imbecil ganha e vira decreto. Só pode ser.

Leia também1 Eduardo critica Covas por manter isolamento em SP
2 Covas tem 48h para justificar restrição de veículos em SP
3 Covas estenderá quarentena até 1° de junho em São Paulo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.