Leia também:
X Juíza manda soltar homem que tirou fotos de mulher em ônibus

Mantida prisão de homem que furtou réplica da Constituição

Alexandre de Moraes decidiu pela manutenção da prisão preventiva do manifestante

Marcos Melo - 31/03/2023 16h54 | atualizado em 31/03/2023 18h31

Réplica da Constituição
Réplica da Constituição Foto: Reprodução/Twitter

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, decidiu por manter a prisão do manifestante que levou a réplica da Constituição Federal de 1988, subtraindo a Carta Magna do interior das dependências da Corte, durante os atos radicais em 8 de janeiro. Marcelo Fernandes foi preso em 25 de janeiro, em Minas Gerais, e seus advogados pediram ao magistrado que revisse a decisão.

A defesa de Marcelo argumentou que ele “é réu primário, com bons antecedentes, trabalha, tem residência fixa, é pai de cinco filhos, sendo um deles portador de deficiência intelectual”.

Moraes indeferiu por entender que existem elementos relevantes que justificam a manutenção da prisão.

– O investigado teve efetiva participação e exerceu grande influência sobre os demais envolvidos, com nítido comportamento característico dos crimes multitudinários, sobretudo para a tentativa infeliz de ação objetivando ruptura do sistema democrático e os covardes ataques às Instituições Republicanas, conforme se depreende da análise dos vídeos apresentados pela Polícia Federal – diz trecho da decisão.

O magistrado sustenta que a liberdade do manifestante oferece grave risco à ordem pública.

– A sua prisão preventiva também é necessária à conveniência da instrução criminal, especialmente em razão de seu assumido papel de liderança nos atos investigados – concluiu.

Leia também1 Moraes diz ser contra mandato para ministro do STF
2 Moraes arquiva pedidos contra Lula sem ouvir parecer da PGR
3 STF: Maioria quer revogar prisão especial por ensino superior
4 Google ao STF: "Nosso negócio não se sustenta no extremismo"
5 Atual modelo regulatório da internet é "falido", diz Moraes

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.