Leia também:
X Bolsonaro questiona decisão de Barroso sobre diplomatas

Manifestantes são presos por ato em frente à casa de Moraes

Grupo fazia críticas de forma pacífica na frente da residência do ministro do STF

Paulo Moura - 03/05/2020 10h12 | atualizado em 03/05/2020 10h15

Manifestantes são detidos após ato na frente da casa de Alexandre de Moraes Foto: Reprodução

Três manifestantes foram presos na noite de sábado (2), após participarem de manifestações contra o ministro Alexandre de Moraes na frente da casa dele, em São Paulo. No fim da noite, todos foram soltos após pagamento de fiança.

As detenções foram denunciadas pelo deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), na página dele nas redes sociais. Segundo o parlamentar paulista, que acompanhou todo o trâmite, a prisão aconteceu de forma arbitrária já que os atos foram pacíficos.

– Depois dessa infeliz atitude que ele [Alexandre de Moraes] teve, de mandar prender três patriotas que estavam se manifestando de forma democrática, sem ameaça, sem absolutamente nada, o Brasil virou um país onde o cidadão é preso e os bandidos estão sendo soltos por esses mesmo juízes que mandam prender o cidadão de bem – disse.

Segundo Douglas, as prisões foram decretadas em flagrante e a soltura foi expedida pela delegada Lethicia Fadel, plantonista do 14° DP de São Paulo.

O deputado estadual ainda destacou que uma vaquinha foi feita para pagar a fiança dos manifestantes, mas que o próximo passo será recorrer da decisão que determinou as prisões em flagrante.

– Alexandre de Moraes queria que eles ficassem presos, mas fizemos vaquinha e pagamos a fiança. Foram soltos! Iremos recorrer da decisão de prisão em flagrante que gerou o alvará. Buscaremos as respectivas corregedorias e o Poder Judiciário contra todos os abusos cometidos – completou.

Leia também1 Grupo se manifesta em frente à casa de Alexandre de Moraes
2 PGR denuncia Aécio Neves por solicitar e receber propina
3 Moro prestará depoimento à Polícia Federal neste sábado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.