Leia também:
X Primeira novela gospel da Globo estreia com baixa audiência

Manifestante de atentado perto do Aeroporto do DF se entrega

Na ação, foi fixado um explosivo num caminhão próximo ao Aeroporto de Brasília

Marcos Melo - 17/01/2023 18h32 | atualizado em 17/01/2023 21h31

Antibomba DF Foto: Reprodução / TV Record

Um dos suspeitos de participar do que seria um atentado a bomba próximo ao aeroporto de Brasília, em 24 de dezembro, se apresentou à Polícia Civil de Comodoro, Mato Grosso. Alan Diego dos Santos, 32 anos, estaria ligado a outro manifestante já preso, George Washignton de Oliveira Sousa.

Alan será transferido para o Distrito Federal, onde será ouvido e ficará preso. Ele também é acusado de ser um dos participantes dos atos que resultaram na tentativa de invasão à Polícia Federal, na Asa Norte, em Brasília, no dia 12 de dezembro.

Alan e George passaram a ser réus no dia 15 de janeiro após o juiz Osvaldo Tovani, da 8ª Vara Criminal de Brasília, acatar denúncia contra ambos. Nesta ação, também está inserido Wellington Macedo de Souza. Ele estaria usando uma tornozeleira eletrônica quando fixou um explosivo ao caminhão.

Os três terão de responder pelo crime de explosão, com pensa de três a seis anos de prisão e multa.

Leia também1 Torres deixa celular nos EUA, e PF busca acesso via nuvem
2 PCO tem sua conta suspensa no Twitter pela 2ª vez em 8 meses
3 Mulher suspeita de organizar e financiar atos se entrega à PF
4 Tarcísio diz que Bolsonaro "não estimulou" invasão aos 3 Poderes
5 "Meu CPF é um e o do Bolsonaro é outro", dispara Arthur Lira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.