Leia também:
X Heleno diz que justificativas de Chico Rodrigues são “pífias”

Vaga no STF é o maior erro de Bolsonaro até agora, diz Malafaia

Em vídeo, pastor voltou a criticar o desembargador Kassio Nunes

Henrique Gimenes - 19/10/2020 15h46 | atualizado em 19/10/2020 21h59

Pastor Silas Malafaia Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (19), o pastor Silas Malafaia voltou a criticar a escolha do presidente Jair Bolsonaro para a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Para ele, o desembargador Kassio Nunes “pertence ao sistema pelo qual Bolsonaro foi eleito para combater” e, até o momento, “é o maior erro do presidente”.

Kassio Nunes será sabatinado pelo Senado na quarta-feira (21). Caso ele seja aprovado, ocupará a vaga de Celso de Mello, que se aposentou na semana passado. Como tem 48 anos, Kassio Nunes ficará na Corte por 27 anos.

Ao fazer novas críticas ao nome do desembargador, Malafaia lembrou que um presidente de direita precisa indicar alguém “conservador raiz”.

– É incrível, inacreditável o erro de Bolsonaro na indicação ao STF (…) Quando um presidente da direita chega ao poder, o que nós esperamos dele? Que ao indicar, para o cargo mais importante que um presidente pode indicar, alguém que seja da direita raiz. Conservador raiz. Princípios, crenças, valores, ideologias vinculados à direita – apontou.

Malafaia então falou sobre o currículo do desembargador e lembrou que ele “tem vínculo com o PT”.

– A minha questão não é pessoal nem preferencial. Vamos analisar o indicado de Bolsonaro: Ele só pode ser desembargador porque foi indicado pela instituição mais esquerdopata do país, a OAB [Ordem dos Advogados do Brasil]. Ele foi nomeado por Dilma [Rousseff, ex-presidente]. A esposa dele foi nomeada, por oito anos, como assessora em gabinetes do PT. Então ele tem vínculo com o PT. Esse indicado de Bolsonaro é indicado e ele tem o apoio do sistema. Esse sistema que odeia Bolsonaro, pelo qual Bolsonaro foi eleito para combater – ressaltou.

O religioso também lembrou que Kassio Nunes tem apoio da mídia “que odeia Bolsonaro”.

– Ele é apoiado pela grande imprensa que odeia Bolsonaro. E que fustiga o presidente por questões subjetivas. Como o sistema todo da Globo, a Folha estão calados. Seus colunistas não fazem uma crítica. E a coisa é tão ridícula. Toda a esquerda está calada. E a coisa é tão vergonhosa, que o senador da esquerda radical, Randolfe Rodrigues, abriu a boca para dizer que não tinha problema no currículo dele. O currículo turbinado – destacou.

Por fim, Silas Malafaia afirmou que a escolha do desembargador para o STF é o maior erro de Bolsonaro até o momento e disse que não pode ficar calado.

– O indicado pertence ao sistema pelo qual Bolsonaro foi eleito para combater. Além de ser candidato do sistema, ter apoio total da esquerda e ter apoio da grande mídia, o camarada turbina seu currículo. E sua tese em questões de aborto é dúbia. Esse pode ser o maior erro de Bolsonaro como presidente. Até aqui é o maior com certeza (…) Apoio Bolsonaro, mas ele está 100% errado. Veja o que Donald Trump fez. Ao indicar alguém para a Suprema Corte, colocou uma mulher conservadora de raiz (…) O que está em jogo são princípios que podem estar comprometidos para sempre. O camarada vai ficar lá 27 anos. Eu não posso me calar diante disso – concluiu.

Leia também1 Bolsonaro defende Kassio Nunes: 'Eu iria botar um abortista?'
2 Bolsonaro: 'Não dá para ficar muito tempo mais com o auxílio'
3 Manifestantes protestam contra Kassio Marques no STF
4 STF: Relator apresenta relatório de Kassio Nunes ao Senado
5 Kassio Nunes já defendeu a Globo em processos no Supremo

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.