Leia também:
X Após “críticas”, TCU cancela licitação de R$ 216 mil em pilates

Malafaia sobre a Globo: ‘Câncer para manipular opinião pública’

Pastor criticou o editorial lido na semana passada contra o presidente Jair Bolsonaro

Pleno.News - 10/01/2022 16h10 | atualizado em 10/01/2022 16h36

Pastor Silas Malafaia Foto: PR/Alan Santos

Nesta segunda-feira (10), o pastor Silas Malafaia compartilhou um vídeo, no qual critica a Globo por conta do editorial do Jornal Nacional contra o presidente Jair Bolsonaro. O religioso afirmou que a emissora faz um jornalismo “inescrupuloso e bandido”.

– Povo abençoado do Brasil, todo brasileiro sabe do jornalismo inescrupuloso e bandido de Rede Globo. É um ataque transloucado contra Bolsonaro, e o motivo é que Bolsonaro cortou a mamata. Só do governo Lula e Dilma, eles receberam quase R$ 7 bilhões. Bolsonaro veio com a tesoura e “creu” em cima desses caras. Eles não dão notícia; eles induzem a notícia. O Jornal Nacional fez um editorial “metendo o pau” em Bolsonaro por ele ser contra vacinar crianças. Vamos aos dados: estão aí os dados do Ministério da Saúde, de setembro do ano passado. […] Não existe nenhum risco grave de crianças morrendo. A quem interessa isso? Isso é infanticídio. Isso é um absurdo. […] E as sequelas que ninguém tem como provar? Esses caras são loucos! […] E quer ver como eles não se importam com a vida e a saúde do povo? Por que a Rede Globo não está fazendo carga para que não haja o carnaval na Sapucaí? Porque tem a mamata milionária da verba deles. […] Acorda, Brasil! Essa emissora é um câncer da nossa nação para manipular a opinião pública. Que Deus nos livre dessa gente inescrupulosa e que Deus abra os olhos do povo brasileiro! – falou.

Nesta última sexta-feira (7), usuários de redes sociais se uniram para criticar a Globo e o apresentador William Bonner, do Jornal Nacional. No Twitter, “manifestantes” levantaram a #CalaABocaBonner e colocaram a tag como um dos assuntos em destaque na rede social.

A iniciativa ocorre após um editorial lido durante a edição de quinta-feira (6) do Jornal Nacional, na Globo. Na ocasião, Bonner e Renata Vasconcellos criticaram declarações de Jair Bolsonaro sobre a vacinação de crianças contra a Covid-19 e disseram que o presidente tem que ser responsabilizado por seus atos.

– O presidente Jair Bolsonaro é responsável pelo que diz, pelo que faz. Espera-se que venha também a ser responsável por todas as consequências daquilo que faz e diz – afirmou Bonner.

O editorial foi lido logo após a exibição de uma reportagem sobre a eficácia e a segurança da vacina anticovid para crianças. No início do texto, o âncora disse que “as declarações do presidente Jair Bolsonaro sobre as mortes de crianças por Covid afrontam a verdade e desrespeitam o luto de milhares de brasileiros”.

O jornalista disse ainda que o presidente “desrespeita todos os técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária ao questionar qual seria o interesse da Anvisa com a autorização da vacinação de crianças” e afirmou que Bolsonaro descumpre as prerrogativas da agência “ao ameaçar divulgar nomes de integrantes da Anvisa que aprovaram a vacinação infantil”.

 

Leia também1 Bolsonaro critica Fachin por linguagem neutra: 'O que tem na cabeça?'
2 Prefeito de Chapecó "enquadra" Zé de Abreu e defende Bolsonaro
3 Admiradora de Moro, Janaina não garante voto em Bolsonaro
4 Bolsonaro rebate Moro: ‘Teve 1 ano e 4 meses comigo e não descobriu nada?'
5 Bolsonaro diz que saúde está boa “para alegria de uns e tristeza de outros”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.