Leia também:
X Tribunais começam a agendar diplomação de eleitos

Malafaia diz que se TSE não der resposta “convincente” ao PL, o país “vai pegar fogo”

Pastor comentou o tema em novo vídeo publicado em seu canal

Pleno.News - 22/11/2022 11h56 | atualizado em 22/11/2022 12h28

Pastor Silas Malafaia Foto: Reprodução / Youtube

O pastor Silas Malafaia afirmou que o presidente do Partido Liberal (PL) aplicará um “xeque-mate” nos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao apresentar uma documentação apontando erro em mais de 250 mil urnas eletrônicas que, segundo a sigla, não podem ser fiscalizadas por serem de versões anteriores a 2020.

O líder religioso defendeu que, caso não haja uma resposta convincente por parte da Corte, o Brasil irá “pegar fogo”.

– O TSE e o senhor Alexandre de Moraes são obrigados a responder. Só tem um detalhe: se a resposta não estiver consubstanciada, e der uma resposta que convença o povo, este país vai pegar fogo. Nós não vamos aceitar, porque a vontade soberana de um povo tem que se estabelecer – disse Malafaia em vídeo publicado nesta segunda-feira (21).

O pastor ainda voltou a responder a jornalista Miriam Leitão, após a comunicadora questionar se o PL estaria disposto a entregar seus cargos conquistados nestas eleições em troca da anulação do pleito.

– Ô medíocre, não interessa se é do PL, do MDB ou do PT, a lei é para todos. Quem tiver nisso aí, perca o mandato que tiver que perder, a vontade soberana do povo tem que se estabelecer – salientou seu posicionamento.

Leia também1 Anderson Torres deve retornar para pasta de Segurança do DF
2 Procurador que agrediu chefe tem ataque e quebra pia da cela
3 PRF registra 13 interdições e 5 bloqueios em rodovias do país
4 Pressão por nome de ministros é ansiedade do mercado, diz Gleisi
5 Indonésia: Número de mortos em terremoto passa de 250

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.