Leia também:
X Roberto Jefferson: “Terão de investigar o ‘Covidão’ depois”

Malafaia diz que Maia e Doria querem derrubar Bolsonaro

Pastor também criticou decisão do STF de tirar autonomia do presidente sobre quarentena

Paulo Moura - 21/04/2020 11h45 | atualizado em 21/04/2020 11h46

Malafaia criticou complô de Maia e Doria contra Bolsonaro Foto: Reprodução

Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube na segunda-feira (20), o pastor Silas Malafaia detalhou o que ele diz ser um complô de diversas instituições e políticos para derrubar o presidente Jair Bolsonaro do poder.

Em sua fala, Malafaia destacou os nomes de Rodrigo Maia e João Doria como os grandes responsáveis por tentar minar o chefe do Executivo federal com o apoio da imprensa.

– Você tem Doria, que quer ser candidato a presidente em 2022. Você tem Rodrigo Maia que apoia Doria. A mídia favorece, por que qualquer um que se levantar contra Bolsonaro, a mídia infla – protestou.

O pastor também fez críticas ao Supremo Tribunal Federal por conta da decisão que colocou nas mãos dos governadores o poder de determinar e encerrar as quarentenas pelo Brasil.

– Como é que o Supremo Tribunal Federal dá poder a governadores e prefeitos mais que o presidente. Uma verdadeira violência. Tanto à independência dos poderes, quanto ao regime presidencialista. Como o presidente perde a autoridade de mandar fechar, abrir e de circulação, que tá garantido na Constituição – afirmou.

Malafaia também falou sobre o pacote de socorro fiscal aos estados, aprovado na Câmara, que deve custar mais de R$ 100 bilhões à União e criticou o fato da conta ficar para o governo federal.

– Isso é uma vergonha, uma armação tão vergonhosa, tão mesquinha, que o que esses caras nunca pensam é no povo. É a ganância de poder – declarou.

Leia também1 Eyshila critica Globo e Maia: "Querem tirar Bolsonaro"
2 Confira a lista de convidados do The Send Brasil Online
3 Silas Malafaia critica site que insinuou que ele tem Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.