Leia também:
X Tarcísio é alvo de novo inquérito sobre domicílio eleitoral em SP

Maia sinaliza apoio a Freixo e fala em “quebrar ciclo”

Ex-presidente da Câmara dos Deputados deu declarações durante o evento Brazil Forum UK, na Universidade de Oxford

Pleno.News - 28/06/2022 17h33 | atualizado em 28/06/2022 17h46

Ex-presidente da Câmara dos Deputados e presidente do PSDB-RJ, Rodrigo Maia Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

No último domingo (26), o ex-presidente da Câmara dos Deputados e presidente do PSDB-RJ, Rodrigo Maia, sinalizou apoio a Marcelo Freixo (PSB) para o cargo de governador do Rio de Janeiro. Ele se manifestou durante o evento Brazil Forum UK, na Universidade de Oxford, na Inglaterra. As informações são do Poder360.

Na avaliação de Maia, a pré-candidatura de Felipe Santa Cruz (PSD) ao cargo favorece o atual governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL).

– Só tira votos do Marcelo [Freixo] e não tira do Cláudio [Castro]. Como Felipe [Santa Cruz] foi presidente da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil], oposição ao Bolsonaro, tudo o que ele tiver de votos será antibolsonarista. E o Cláudio [Castro] vai caminhar para o bolsonarismo. Ou construímos, no Rio, um caminho para ajudar quem tem melhores condições, que até pode ser o Felipe à frente, mas não será no centro ou na direita que teremos este espaço. Hoje esta vaga é do Freixo. Por isso, acho essas alianças possíveis – declarou Rodrigo Maia.

Para ele, Freixo seria uma possibilidade de romper um “ciclo”.

– Eu não posso olhar o meu estado onde as milícias estão tomando conta das instituições todas. Como muda esse ciclo no Rio de Janeiro? Como reorganiza? Precisa primeiro quebrar esse ciclo que começa em 1998 – disse.

Leia também1 CPI do MEC: Os próximos passos para legitimar investigação
2 MEC: STF envia à PGR 2º pedido para investigar Jair Bolsonaro
3 Vereador lamenta morte de segurança no Rio: 'Onde estão os canalhas dos direitos humanos?'
4 Defesa divulga quais os militares que fiscalizarão as eleições. Veja!
5 Governistas querem CPI para apurar obras paradas do PT

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.