Leia também:
X CPI convoca juristas para levantar “crimes” de Bolsonaro

Maia será expulso do DEM na próxima segunda, diz colunista

Relatório a ser apresentado pela deputada Professora Dorinha concluirá pela expulsão de Rodrigo Maia

Paulo Moura - 11/06/2021 11h40 | atualizado em 11/06/2021 13h03

Ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Mateus Bonomi/Folhapress

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deve ser expulso do partido Democratas (DEM) na próxima segunda-feira (14). A informação foi divulgada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, nesta sexta-feira (11). Maia faz parte da legenda desde 2007, quando ela foi fundada para suceder o antigo PFL, partido do qual ele também fazia parte.

Está marcada, para o dia 14, uma reunião da Executiva Nacional do partido. Na ocasião, a deputada Professora Dorinha (DEM-TO) vai apresentar o relatório do processo interno ao qual Maia responde. De acordo com Lauro Jardim, o relatório conclui pela expulsão do ex-presidente da Câmara.

As relações entre Maia e o presidente da sigla, ACM Neto, estão estremecidas desde que o DEM abandonou a candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara dos Deputados, em fevereiro, favorecendo Arthur Lira, que consequentemente se elegeu para o comando da Casa.

O confronto entre os dois políticos se intensificou em maio, quando Maia chamou ACM Neto de “oportunista” e “malandro baiano”, ao rebater críticas a João Doria. Recentemente, Maia também chamou ACM de “Torquemada” baiano, em referência ao nome de um inquisidor espanhol da Idade Média.

Leia também1 CPI convoca juristas para levantar "crimes" de Bolsonaro
2 Pastor José Wellington vence a Covid-19 e deixa o hospital
3 João Doria é recebido a gritos de "DitaDoria" no interior de SP
4 Internada há 5 meses, Amanda Wanessa retira traqueostomia
5 Esposa de Chapo assume crimes no tráfico e lavagem de dinheiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.