Leia também:
X Alckmin tem bens bloqueados após ser citado pela Odebrecht

Maia: ‘Foram 100 dias com turbulência, mas avião passou’

Presidente da Câmara dos Deputados comentou os três primeiros meses do governo Bolsonaro

Henrique Gimenes - 15/04/2019 19h24 | atualizado em 16/04/2019 12h09

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou, nesta segunda-feira (15), que os 100 primeiros dias do governo de Jair Bolsonaro foram “turbulentos”, mas que ele já compreende o que é governar o país. A declaração foi dada durante um evento em São Paulo sobre os três primeiros meses da nova gestão.

– Um novo ciclo sempre gera mais turbulência do que a manutenção de um ciclo. A gente tem que dar o tempo para o presidente. Depois de três meses, ele tem mais condições, mais conhecimento, já começou a compreender melhor o que é governar o Brasil (…) Foram 100 dias com turbulência, mas o avião passou – explicou.

Mesmo com as dificuldades encontradas, o parlamentar considera que a agenda econômica do governo está indo na direção, mas deixou claro que é preciso também manter o foco em outros temas.

– A agenda econômica está na linha certa, mas eu, como político de centro-direita, acho que cabe também a esse campo da política falar um pouco do que pensa sobre outros temas (…) A gente precisa começar a fazer esse debate das políticas públicas que se enxerga para educação, saúde e um foco objetivo na redução das pobrezas – destacou.

Maia ainda comentou a análise feita pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. De acordo com ele, a votação deve ser encerrada nesta semana.

– Pelo que estou conversando com alguns deputados, acho que encerra nesta semana a CCJ, e a partir da semana que vem, a gente começa a pedir os nomes para que a Comissão Especial seja instalada na próxima semana ou na outra, no máximo – avaliou.

Leia também1 Museu de Nova Iorque cancela homenagem a Jair Bolsonaro
2 STF é criticado por censurar reportagem sobre Dias Toffoli

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.