Leia também:
X Aprovado projeto que isenta IPTU de imóveis de igrejas

Maia a Bolsonaro: “Congresso é quem decide sobre guerra”

Presidente havia dito que decisão sobre a Venezuela seria unicamente dele

Henrique Gimenes - 30/04/2019 19h27 | atualizado em 02/05/2019 16h56

Presidente Jair Bolsonaro e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rebateu, nesta terça-feira (30), uma declaração de Jair Bolsonaro de que qualquer decisão sobre a questão da Venezuela seria decidida exclusivamente pelo presidente da República. De acordo com o deputado, o Congresso é o responsável por autorizar uma declaração de guerra.

Mais cedo, Bolsonaro havia publicado em sua conta do Twitter que o governo seguia em busca de uma solução para a Venezuela e que ele seria o responsável pelo que decidir.

– A situação da Venezuela preocupa a todos. Qualquer hipótese será decidida exclusivamente pelo Presidente da República, ouvindo o Conselho de Defesa Nacional. O Governo segue unido, juntamente com outras nações, na busca da melhor solução que restabeleça a democracia naquele país – ressaltou.

Maia, no entanto, utilizou sua conta do Twitter para responder o presidente e lembrou Bolsonaro da Constituição do Brasil.

– Em relação ao tuíte do presidente Jair Bolsonaro sobre a situação da Venezuela, é importante lembrar que os artigos. 49, II c/c art. 84, XIX; c/c art. 137, II da Constituição Federal precisam ser respeitados. E eles determinam que é competência exclusiva do Congresso Nacional autorizar uma declaração de guerra pelo Presidente da República – apontou.

Leia também1 Veja, em 70 fotos, a situação caótica na Venezuela
2 Mourão diz que situação na Venezuela não tem mais volta

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.