Leia também:
X Em vídeo, Marcos Rogério acusa CPI de dar palco a trambiqueiro

Mãe de Silveira envia carta a Moraes se desculpando pelo filho

Mãe do deputado afirma que o filho "é um homem bom"

Monique Mello - 16/07/2021 13h28 | atualizado em 16/07/2021 14h24

Ministro Alexandre de Moraes e deputado federal Daniel Silveira Foto: Reprodução

Dona Matildes Silveira, mãe do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), escreveu uma carta de próprio punho direcionada a Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Silveira é réu no Supremo e está preso desde 24 de junho por violar o uso da tornozeleira eletrônica. Sua mãe decidiu redigir o documento para, além de pedir a liberdade do filho, desculpar-se pelas ofensas do parlamentar dirigidas à Corte.

Matildes Silveira diz que a atitude do filho é “digna de repúdio e em nada contribui para um debate democrático e respeitoso”.

Ao pedir a soltura do parlamentar, ela exalta o STF por ser “a última barreira entre a justiça e a injustiça”. Ela também assinala que Silveira fora criado com “amor, carinho e educação” e que “a falta de urbanidade, o desrespeito e a deselegância (com que tratou os ministros e a democracia) não condiz com os ensinamentos familiares que foram passados a ele”.

A mãe do parlamentar assegura que ele é um homem bom e que suas atitudes foram reflexos da “falta de uma noite de sono”. Dona Matildes também relata que já perdeu um filho, e a prisão de Silveira significaria outra perda.

– Sou uma idosa viúva que já perdeu um filho jovem em morte prematura e que tem no Daniel a base para tudo, meu porto seguro, e tenho sofrido muito com toda essa situação, me colocando em uma situação análoga à perda de mais um filho – escreveu.

O motivo para o contato com Moraes, segundo ela, é que “jamais passou panos quentes nas falhas cometidas” pelo filho ao longo da vida.

– Acredito veementemente que ele [Daniel] já entendeu que errou, pois conheço meu filho – declarou.

Matildes encerra a carta fazendo, inclusive, um convite a Moraes para “tomar um café”.

– Um dia, quem sabe, [possamos] tomar um café pessoalmente, para uma conversa sobre dias melhores.

 

Leia também1 Conselho de Ética recomenda censura escrita a Daniel Silveira
2 Advogado pede prisão de Moraes por tortura contra Silveira
3 Defesa diz que Daniel Silveira 'agiu sem pensar' ao pedir asilo
4 Saiba quais são os próximos ministros do STF a se aposentar
5 Deputada diz que Bolsonaro usa 'doença' como cortina de fumaça para CPI

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.