Leia também:
X Justiça condena o médium João de Deus a mais 109 anos

Lula vai dividir Ministério da Economia em três pastas

Anúncio foi dado à imprensa por Aloizio Mercadante

Monique Mello - 08/12/2022 18h07 | atualizado em 08/12/2022 19h24

Lula durante conversa com a imprensa Foto: Reprodução/CNN Brasil

O Ministério da Economia será dividido em três pastas no governo Lula. É o que disse Aloizio Mercadante, coordenador dos grupos técnicos da transição, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (7). Segundo ele, a divisão será: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG); da Fazenda; e da Indústria, Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

De acordo com Mercadante, uma das ideias em estudo é repassar a parte de planejamento – como a elaboração do Plano Plurianual e de metas de longo prazo – para a futura pasta de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

– Nós tínhamos Ministério da Fazenda; Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; e Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Essas estruturas vão voltar a existir. O Brasil era muito mais eficiente e tinha políticas muito mais competentes com essa distribuição do que pegar e jogar tudo na Economia – argumentou Mercadante.

E acrescentou:

– Toda demanda intragoverno está no Ministério do Planejamento e Orçamento, é fundamental, inclusive, para aliviar o Ministério da Fazenda para cuidar da política fazendária, macroeconômica. Segundo, a indústria e o comércio exterior geram emprego, investimento.

O coordenador dos grupos técnicos da transição confirmou ainda que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Agência de Promoção à Exportação serão atrelados ao novo ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Mercadante disse ainda que o governo eleito quer fortalecer o financiamento de longo prazo do BNDES, sem comprometer recursos do Tesouro Nacional.

– Somos contra a visão do atual governo de um BNDES acanhado e sem capacidade de financiamento. O BNDES precisa ser uma fábrica de projetos e estimular startups – pontuou.

Leia também1 Gleisi: Lula anunciará primeiros ministros nesta sexta-feira
2 Lula decide antecipar anúncio de José Múcio para chefiar a Defesa
3 Confira a lista com os possíveis candidatos de Lula ao STF
4 Após áudio vazado, Augusto Nardes seguirá fora do TCU
5 Para Mourão, Bolsonaro deveria passar a faixa e provocar Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.