CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Receita libera consulta ao último lote do IR 2017

Lula garante que se for candidato, vencerá eleições

Em evento na Baixada Fluminense, ex-presidente aproveitou para reafirmar que é inocente

Emerson Rocha - 08/12/2017 09h13 | atualizado em 08/12/2017 10h58

Lula faz discurso na Baixada Fluminense, no Rio Foto: EFE/Antonio Lacerda

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue em viagens por cidades do país com objetivos eleitorais. Nesta quinta-feira (7), ele esteve em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Em um evento, Lula garantiu que quer retornar ao Palácio do Planalto.

– Se eu voltar a disputar as eleições, vou ganhar – afirmou o ex-presidente para simpatizantes do Partido dos Trabalhadores (PT), que estavam no centro do município.

Ainda durante o pronunciamento, Lula atacou Michel Temer. Ele chegou a afirmar que, se voltar à presidência, poderá alterar algumas medidas adotadas pelo atual governo, inclusive as privatizações.

O ex-presidente também fez questão de dizer ao público que é inocente de todas as acusações de corrupção. Segundo ele, até agora, ninguém conseguiu provar nada, diferente do que aconteceu com o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho.

– Não encontraram nada. Foram à minha casa e não encontraram. Na casa do Cabral encontraram – indicou Lula, que já teve relação muito próxima com o ex-governador.

Na última pesquisa divulgada pelo Datafolha, Lula lidera a corrida para a presidência, nas eleições de 2018, com 34% das intenções de votos. Mesmo alegando inocência, o ex-presidente foi condenado em primeira instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro.

*Com informações da Agência EFE

LEIA TAMBÉM
+ Datafolha aponta segundo turno entre Lula e Bolsonaro
+ Governo Temer é reprovado por 71%, diz Datafolha