Leia também:
X Justiça do RJ decreta prisão de acusado de assaltar joalheira

Lula diz que não cogita disputar reeleição em 2026: “Só 4 anos”

Ex-presidente afirma que pretende "recuperar" o país para "outra pessoa" governar

Thamirys Andrade - 01/07/2022 12h02 | atualizado em 01/07/2022 12h11

Ex-presidente Lula Foto: Divulgação Lula/Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) declarou em entrevista nesta sexta-feira (1°) que não planeja disputar uma reeleição em 2026, caso saia vitorioso no pleito deste ano. O presidenciável do Partido dos Trabalhadores afirma que visa dedicar apenas quatro anos para “recuperar” o país e passar o cargo para “outra pessoa governar”.

– Penso em governar este país por quatro anos e deixar o país “tinindo”, para que o povo brasileiro recupere definitivamente o bem-estar social, a alegria, o prazer de viver, o prazer de ser baiano, o prazer de ser brasileiro. É isso que eu quero deixar. Então, eu tenho quatro anos da minha vida para dedicar a cuidar desse povo (…). Quando for 31 de dezembro de 2026, este país estará de bem para a gente entregar este país para outra pessoa governar – assinalou, durante conversa com a rádio Metrópole, de Salvador.

O petista ainda afirmou querer que as pessoas vivam com “tranquilidade”, “como Deus quer”.

– Só tenho quatro anos para tentar montar um time para que a gente possa fazer com que este país volte à normalidade e este povo possa viver com muita tranquilidade, como Deus quer que a gente viva. Daqui quatro anos a gente vai ter gente nova disputando as eleições, gente nova sendo candidata a presidente.

Leia também1 Cotado a vice-presidente, Braga Netto é exonerado do governo
2 Serra é o único a votar contra PEC que amplia benefícios
3 Bolsonaro diz que RJ vai reduzir ICMS e gasolina deve cair R$ 1,30
4 PT separa R$ 130 milhões para utilizar na campanha de Lula
5 Senado aprova PEC que amplia benefícios sociais e decreta estado de emergência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.