Leia também:
X Queiroga sobre vacinar crianças: “Pressa é inimiga da perfeição”

Lula diz que farpas trocadas com Alckmin foram no ‘calor da hora’

Ex-presidente discursou no jantar com o ex-adversário

Thamirys Andrade - 20/12/2021 11h00 | atualizado em 20/12/2021 12h01

Lula e Alckmin Foto: EFE/ Carlos Humberto

Os ex-adversários políticos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (sem partido) demonstram estar de fato dispostos a deixar o passado para trás, com os olhos em 2022. Em discurso no jantar desse domingo (19), o ex-presidente Lula disse que já não importam as farpas que os dois trocaram no “calor da hora” e que agora são aliados.

– Não importa se, no passado, fomos adversários; se trocamos algumas botinadas; se, no calor da hora, dissemos o que não deveríamos ter dito. O tamanho do desafio que temos pela frente faz de cada um de nós um aliado de primeira hora – declarou o petista.

Lula disse ainda que é a “fé na democracia” que os levou a se reunirem na noite passada, quando ele fez sua primeira reunião pública com Alckmin para discutir as possibilidades do próximo pleito.

O encontro entre os dois políticos ocorre durante um jantar promovido pelo grupo de advogados Prerrogativas, que contou com 500 convidados no restaurante A Figueira Rubaiyat, em São Paulo.

O nome de Alckmin tem sido cotado para compor uma chapa com o petista há bastante tempo, e o evento marcaria o aumento dessa aproximação entre os dois.

Leia também1 Haddad defende diálogo com Alckmin para 'não repetir 2018'
2 Retomada da análise do marco temporal será em junho de 2022
3 Alcolumbre mantém assessor suspeito de operar "rachadinha"
4 Sergio Moro desmente ter alugado casa por R$ 50 mil
5 Anvisa diz que recebeu novas ameaças e pede proteção policial

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.