Leia também:
X Ex-procuradora polêmica é cotada no PT para vaga no STF

Lula diz que fará “conversas necessárias” para aprovar PEC

Texto terá que passar pela Câmara dos Deputados

Pleno.News - 09/12/2022 12h29 | atualizado em 09/12/2022 13h16

Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva Foto: Lula/Ricardo Stuckert

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse, nesta sexta-feira (9), já ter escutado rumores de que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição enfrentará problemas para passar na Câmara dos Deputados. Mesmo depois de já ter tramitado pelo Senado de forma favorável ao próximo governo.

– Já ouvi boato de que a PEC terá problema na Câmara. Eu não acredito – disse no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição em Brasília.

Lula prometeu que fará “quantas conversas forem necessárias” para que a PEC seja aprovada na Câmara da mesma forma que passou pelo Senado.

– Espero que pessoas compreendam que não é PEC para Lula, mas para reparar orçamento [do atual presidente Jair] Bolsonaro e garantir mínimo – disse.

– Se for preciso conversar dez vezes com Lira e Pacheco, conversarei – reforçou, referindo-se aos presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Lula, que mais cedo anunciou o nome de cinco ministros, comentou que, quando tomarem posse, todos irão “pedir dinheiro”.

*AE

Leia também1 Lula anuncia 5 ministros, entre eles Haddad, Dino e Rui Costa
2 Pacheco quer que PEC do Estouro passe com “máxima urgência”
3 Três dos cinco ministros de Lula são ou já foram investigados
4 Lula diz que fará "varredura" no Palácio da Alvorada
5 Bolsonaro nomeia militares e embaixadores para novos cargos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.