Leia também:
X Lula ‘culpa’ Bolsonaro e Temer por falta de fertilizantes no país

Lula diz que está “limpo” e pede indenização de milhões

Petista voltará aos tribunas na posição de "acusador"

Monique Mello - 04/03/2022 14h57 | atualizado em 04/03/2022 15h38

Luiz Inácio Lula da Silva Foto: EFE/Mario Guzmán

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva livrou-se de todos os 25 processos, denúncias e inquéritos que foram movidos contra ele. A última ação penal contra o petista foi suspensa, nesta quarta-feira (2), pelo ministro do STF Ricardo Lewandowski. No entanto, Lula e seus advogados devem voltar aos tribunais em breve.

A posição do petista agora será outra: a de acusador. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, o primeiro “alvo” será o ex-procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol, que deve ser julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) já na próxima semana.

Lula quer R$ 1 milhão de indenização por danos morais. Dallagnol é acusado de abuso de poder ao imputar a Lula práticas de crimes com adjetivações, na famosa entrevista do PowerPoint, em 2016.

Após Dallagnol, os outros alvos do petista e seus advogados serão o ex-senador Delcídio do Amaral e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (União-SP).

Delcídio do Amaral afirmou, em delação premiada, que Lula tentou comprar o silêncio de um dos diretores da Petrobras envolvido em esquema de corrupção. Lula, no entanto, afirma que o ex-parlamentar mentiu e pede uma indenização de R$ 1,5 milhão.

Já Eduardo Bolsonaro divulgou informação sobre a ex-primeira-dama Marisa Letícia, que teria R$ 256 milhões em investimentos financeiros. Lula perdeu o processo na primeira instância, mas recorreu ao STJ, pedindo indenização de R$ 131 mil.

Leia também1 Lula 'culpa' Bolsonaro e Temer por falta de fertilizantes no país
2 PT gasta R$ 6 milhões na defesa de Lula e de alvos da Lava Jato
3 Guerra envolve Rússia, Estados Unidos e Ucrânia, afirma Lula
4 MDB desiste de federação com partido União Brasil e PSDB
5 Bolsonaro sobre guerra: “Brasil não mergulhará em aventura”

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.