Leia também:
X Cármen Lúcia será relatora de inquérito contra Milton Ribeiro

Lula descarta Dilma, Dirceu e Genoino em eventual governo

Ex-presidente afirma que seu novo mandato seria composto de "muita gente nova"

Pleno.News - 24/03/2022 14h11 | atualizado em 24/03/2022 14h58

Ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva Foto: EFE/Antonio Lacerda

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) declarou, nesta quinta-feira (24), que um eventual novo mandato seria composto “com muita gente nova”. Dessa forma, o petista descartou a possibilidade de nomes históricos do partido integrarem o primeiro escalão do governo. Além da ex-presidente Dilma Rousseff, Lula citou o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu e o ex-presidente do PT José Genoino.

– Não tem sentido uma ex-presidente da República trabalhar de auxiliar em outro governo – disse Lula sobre Dilma em entrevista à Rádio Super, de Belo Horizonte, Minas Gerais.

O ex-presidente também declarou ter “profundo respeito” por Dirceu e Genoino, mas disse que nenhum deles aceitaria participar do governo.

Questionado sobre o convite de Dilma, em 2016, para que ele integrasse a Casa Civil, o petista afirmou que apesar de ter aceitado a proposta – posse que foi suspensa pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) -, tentou convencer Dilma da ineficácia em tê-lo no governo. Segundo Lula, no Palácio do Planalto “não cabem dois presidentes”. Se ele aceitasse o convite, disse, seria um incômodo para os dois.

Lula também minimizou as críticas a Geraldo Alckmin (PSB), ex-tucano que está com o caminho pavimentado para integrar sua chapa como vice.

– Contraditório seria eu ter um vice do PT porque seria uma soma zero. Não acrescentaria nada – afirmou.

Lula também disse que uma chapa com Alckmin seria “muito forte”, o que o ajudaria a vencer as eleições.

*AE

Leia também1 Lula diz que STJ 'pegou leve' com Deltan: "Eu queria R$ 1 milhão"
2 Na garupa, Bolsonaro improvisa motociata no sertão do Ceará
3 Damares confirma que deixará ministério para disputar eleição
4 Mendigo do DF diz que é eleitor de Bolsonaro: "Votarei outra vez"
5 TSE e Telegram se reúnem nesta quinta para discutir colaboração

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.