Leia também:
X Aziz marca data de entrega e votação do relatório da CPI

Lula admite que “o PT não presta em algumas coisas”. Assista!

Petista repetiu a frase em que disse que o partido "é uma m*****"

Pierre Borges - 30/09/2021 12h49 | atualizado em 30/09/2021 13h58

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: EFE/Fernando Bizerra Jr.

Durante evento da Escola Nacional de Formação do PT, realizado de forma virtual nesta quarta-feira (29), o ex-presidente Lula admitiu que o partido tem defeitos e afirmou que a legenda “não presta em algumas coisas”.

Sem indicar que defeitos seriam esses, Lula citou uma frase que atribuiu à cientista política Maria Hermínia Tavares de Almeira e disse que, apesar de tudo, o PT é o seu partido.

– O PT tem todos os defeitos que a gente quer que ele tenha. Como a minha companheira Maria Hermínia Tavares diz: “o PT tem defeito, não presta em algumas coisas, mas é o meu partido”. E, se tem defeito, eu vou consertar e fazer ser perfeito. O que não posso é abandonar a cada tropeço – afirmou Lula.

O líder petista disse ainda que o partido pode acabar, se adotar um “discurso mais sofisticado”, e que precisa falar a linguagem das bases do partido.

– O PT não tem que ter medo de falar a linguagem do pobre, do negro, do índio, do desempregado, da classe média operária, da classe média bancária, do profissional liberal. A gente não tem que ter medo de defender essa gente. Se a gente começar a achar que a gente tem que ter discurso mais sofisticado, a gente vai virar um partido comum, e a gente vai acabar – declarou.

Confira o vídeo:

‘VOCÊ NÃO VALE NADA, MAS EU GOSTO DE VOCÊ’
No dia 15 de setembro de 2014, o PT promoveu um encontro com artistas e intelectuais de esquerda, com a participação de Lula e da então presidente Dilma Rousseff. Entre os presentes, estava também a autora da frase citada por Lula nesta quarta.

Na ocasião, Lula interpretou a própria Maria Hermínia, porém com um tom mais energético. Com o vídeo, pode-se ver que, embora tenha apontado defeitos do partido, o ex-presidente adota hoje, uma postura menos crítica em relação ao PT do que em 2014, quando ele, citando a mesma pessoa, disse que a legenda “é uma m****”.

Leia também1 Aziz marca data de entrega e votação do relatório da CPI
2 Manifestantes pintam fachada da Prevent Senior de vermelho
3 Menina é assassinada, e suspeito é linchado e morto por vizinhos
4 Após 'motociatas', apoiadores de Bolsonaro organizam 'barqueata' no RJ
5 Boninho e TV Globo são alvo de ação na Justiça por maus-tratos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.