Leia também:
X Morador de rua que apanhou de personal trainer ‘desaparece’

Lula aciona Justiça contra padre que o acusou de comprar o STF

PT cobra explicações do pároco

Monique Mello - 17/03/2022 12h17 | atualizado em 17/03/2022 13h09

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) Foto: EFE/Mario Guzmán

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou com uma ação na Justiça de São Paulo contra o padre Edison Geraldo Bovo, que fez uma série de críticas contra o petista, dentre elas, que Lula “teria comprado o STF”.

As falas ocorreram durante sermão na missa da Quaresma, em 6 de março, na paróquia de São Roque, em Laranjal Paulista, município do interior de São Paulo. Os vídeos foram amplamente compartilhados nas redes sociais.

– O maior ladrão que o mundo já viu, o senhor Luiz Inácio Lula da Silva. Coitada da família dele, dos pais, da mãe que têm vergonha disso. Onde você pesquisar no mundo, é o pior – afirmou o padre.

– Sabe quanto que nós pagamos pra dizer que ele é bonzinho? (…) Esse dinheirinho é usado para pagar o Supremo Tribunal, os advogados, para dizer que ele é inocente, ele não fez nada, ele é bonzinho. (Lula) vai se candidatar e muita gente vai votar nele. Para com isso, gente. Se vocês não querem viver, se vocês estão cansados da vida, não judiem dos seus filhos, não judiem da geração que vai chegar – complementou o pároco.

Em missa, padre critica Doria e diz que Lula comprou o STF
Em missa, padre critica Doria e diz que Lula comprou o STF Foto: Reprodução/Youtube

De acordo com o jornal O Globo, a defesa de Lula pede que o padre apresente provas das acusações para avaliar uma posterior ação por injúria, calúnia e difamação. No site oficial do petista, as falas do pároco foram repercutidas sob o título: Padre bolsonarista usa púlpito para espalhar fake news.

Leia também1 Lula diz temer ser assassinado durante campanha presidencial
2 Cotado a vice de Lula, Alckmin teria recebido R$ 3 mi de caixa 2
3 Cúpula do PT se divide sobre submeter Lula ao "teste das ruas"
4 Ciro Nogueira vê possibilidade de Bolsonaro vencer em 1° turno
5 Pesquisa: Bolsonaro cresce três pontos nas intenções de voto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.