Leia também:
X Vereador Gabriel Monteiro é cassado pela Câmara do Rio

Luiz Fux suspende decisão que tornava Eduardo Cunha elegível

Ex-presidente da Câmara fica novamente impedido de ser candidato

Paulo Moura - 19/08/2022 09h37 | atualizado em 19/08/2022 11h51

Ex-deputado Eduardo Cunha Foto: Agência Brasil/Fábio Rodrigues Pozzebom

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, derrubou, nesta quinta-feira (18), a decisão judicial que suspendia a inelegibilidade do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PTB). Com a medida, o político volta a ficar inelegível.

A decisão que havia tornado Cunha elegível foi proferida em julho deste ano. Na ocasião, o desembargador federal Carlos Augusto Pires Brandão, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), havia determinado a suspensão da resolução da Câmara que cassou o mandato de Cunha, na parte em que a norma o impedia de se candidatar e proibia que ele ocupasse cargos públicos.

Fux, no entanto, atendendo a um pedido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), considerou que a retomada da elegibilidade pela Justiça interferiu numa questão interna da Câmara. Na solicitação, o procurador-geral da República, Augusto Aras, defendia que manter Cunha elegível apresentava risco de lesão à ordem pública, jurídica e constitucional.

– A decisão impugnada obsta de modo indevido o regular exercício de competência constitucional exclusiva do Poder Legislativo, completando-se, assim, os requisitos para a concessão da medida de contracautela pleiteada – ressaltou Fux.

Com a suspensão determinada pelo presidente do STF, a resolução da Câmara, que tinha sido suspensa no trecho sobre a inelegibilidade e a proibição de ocupação de cargos públicos, volta a valer, até que o mérito do caso seja analisado na Justiça Federal.

Leia também1 Desembargador mantém Cunha elegível após negar pedido do MP
2 Justiça do Rio mantém prisão de filha roubou a própria mãe
3 "Esnobado" pelo partido, Molon arrecada R$ 100 mil em vaquinha
4 Menino de 8 anos mata cunhado com um tiro acidental
5 Bombeiro descobre que mortos em incêndio são a sua família

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.