Leia também:
X Homem se ajoelha e faz oração em frente ao Palácio do Planalto

Lista de investigados na CPI da Covid passará de 25 nomes

Randolfe Rodrigues tem certeza da inclusão de Jair Bolsonaro na relação

Monique Mello - 30/08/2021 18h26

Cúpula da CPI da Covid formada pelos senadores Randolfe Rodrigues, Omar Aziz e Renan Calheiros Foto: Agência Senado/Jefferson Rudy

A lista de investigados da CPI da Covid terá no mínimo 25 nomes, podendo aumentar até a apresentação do parecer final do relator Renan Calheiros(MDB-AL), em setembro. De acordo com o vice-presidente da comissão, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o nome do presidente Jair Bolsonaro é dado como certo na relação.

– Diria que teremos de 25 a 30 nomes de indiciados. Não vejo como o presidente da República pode escapar de indiciamento. Ele já responde a inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) por prevaricação, tem um conjunto de outros crimes, não tem como não constar o nome do presidente da República – afirmou nesta segunda-feira (30).

Ainda nesta segunda-feira, o relator Renan Calheiros adiantou que vai “incrementar” a lista com mais cinco nomes:

– A diretora técnica da Precisa Medicamentos Emanuella Medrades;
– O representante comercial da Davati Medical Supply Luiz Dominghetti;
– O CEO da Davati Medical Cristiano Carvalho;
– O coronel Helcio Bruno de Almeida, presidente da ONG Instituto Força Brasil;
– O coronel Marcelo Bento Pires, ex-coordenador do Plano Nacional de Operacionalização das Vacinas contra a Covid-19 do Ministério da Saúde.

Leia também1 Advogada de Bolsonaro rebate CPI: 'Churrasco não é crime'
2 Alessandro Vieira se lança como pré-candidato a presidente
3 Senador petista diz sentir "nojo" de patriotas de verde e amarelo
4 CPI da Covid deve ouvir Luciano Hang após o 7 de setembro
5 "CPI sofre de desonestidade intelectual”, diz Ricardo Barros

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.