Leia também:
X Bolsonaro promove motociata de Dia dos Pais em Brasília

Lira marca definição sobre voto impresso para próxima terça

Líderes da oposição têm pressa para "enterrar" o tema

Monique Mello - 08/08/2021 11h41 | atualizado em 08/08/2021 12h02

Lira confirma que voto impresso auditável vai ser levado para debate no plenário Foto: Reprodução-TV Câmara

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), confirmou a votação da PEC do voto impresso auditável já na próxima terça-feira (10), no plenário da Câmara. Na segunda-feira (9), o parlamentar irá se reunir com os líderes de partidos. De acordo com ele, após essa reunião haverá uma nova coletiva com a imprensa.

Na última quinta-feira (5), a comissão especial da Câmara responsável por analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso auditável decidiu, por 23 votos a 11, rejeitar a medida. Não houve abstenções. Os parlamentares derrubaram o relatório do deputado federal Filipe Barros (PSL-PR) a favor da proposta da deputada Bia Kicis (PSL-DF).

A decisão de Lira de levar a proposta ao plenário, mesmo com a rejeição, agrada aos opositores que visam “eliminar logo” o tema. O deputado Alessandro Molon (PSB), por exemplo, pediu pressa:

– Queremos votar o quanto antes. Quanto mais demora, mais avança a escalada golpista de Bolsonaro. E maior a tensão política no país. É preciso sepultar logo isso – disse o líder da oposição.

 

Leia também1 Arthur Lira sinaliza que o "botão amarelo está apertado"
2 Nas redes sociais, Lira defende a separação entre poderes
3 Bolsonaro: "Querem decidir as coisas no tapetão no Brasil"
4 Marco Aurélio diz que "a corda está muito esticada"
5 “Democracia tem que ser levada a sério no país”, diz Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.