Leia também:
X Justiça proíbe MC Maylon de citar Anderson nas redes sociais

Lira fala em aprovar reforma administrativa até setembro

Presidente da Câmara afirmou que o objetivo é que o Senado entregue a reforma aprovada até o final do ano

Pleno.News - 24/06/2021 11h36 | atualizado em 24/06/2021 12h38

Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma administrativa pode ser aprovada, em dois turnos, até o início de setembro pela Câmara dos Deputados, segundo a perspectiva do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

– É possível que […] entre o final de agosto e [o] começo de setembro, a Câmara já envie para o Senado, e o Senado tenha até o final do ano [para] entregar para o Brasil uma reforma administrativa – disse Lira em live promovida pelo portal Jota.

Sobre a criação de um novo programa social que substitua o Bolsa Família, Lira disse que o governo precisa enviar logo o projeto que irá criar o novo programa de renda mínima no país. Ele destacou ser necessário encontrar fontes orçamentárias para que o programa se sustente.

– Nós temos prazos, temos limitações legais, circunstâncias que realmente são impostas e que temos de atentar. Penso que muito rapidamente o governo deve estar mandando as alternativas para que a Câmara, se possível ainda neste primeiro semestre, faça as primeiras votações de uma preparação para que, logo após o recesso, venha justamente o modo legal – destacou Lira.

*AE

Leia também1 Renan: 'Vamos convocar Onyx. Se reincidir, pediremos a prisão'
2 Prédio desaba parcialmente em Miami e deixa feridos
3 Aziz diz que Onyx soa como 'miliciano ameaçando pessoas'
4 Imóvel onde casal foi achado morto não teve vistoria de gás
5 Projeção de alta do PIB no fim de 2021 sobe de 3,6% para 4,6%

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.