Leia também:
X Saiba quanto custa um ministro do STF aos cofres públicos

Lira detalha o “calendário Brasil” para fazer o país avançar

Presidente da Câmara falou sobre medidas que serão votadas pelo Congresso nas próximas semanas

Henrique Gimenes - 22/02/2021 16h05 | atualizado em 22/02/2021 17h23

Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira Foto: Câmara dos Deputados/Michel Jesus

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), utilizou suas redes sociais, nesta segunda-feira (22), para falar sobre as prioridades da Casa nas próximas semanas. Pelo Twitter, o parlamentar disse que o “calendário Brasil está pronto e vai ser uma guinada na direção [em] que todos queremos“.

Lira afirmou que o trabalho será de “todo o Congresso Nacional” e citou a PEC emergencial, o Orçamento e a reforma administrativa.

Leia o que disse o presidente da Câmara:

O Brasil precisa de ações. E vamos avançar. O Calendário Brasil está pronto e vai ser uma guinada na direção que todos queremos. Um trabalho que não é individual. É de todo o Congresso Nacional:

PEC Emergencial/Pacto Federativo, c/cláusula de calamidade (shut down): votação prevista para quinta-feira no Senado. Aprovada, um marco histórico nas finanças públicas do país. Remetida, desde que ouvidos os líderes democraticamente, c/ tramitação prioritária e votação em março.

Orçamento, c/proposta de desvinculação total de receitas, até 25 de março no Plenário.

Aprovado, após amplo debate e por maioria dos parlamentares, outro histórico avanço. O Brasil e o Congresso recuperam sua capacidade de definir, por si mesmos, suas prioridades orçamentárias.

Março: começa a tramitar a Reforma Administrativa na Câmara. Previsão de aprovação na CCJ. No Plenário, antes do fim do primeiro trimestre. É assim, com união, força e trabalho do Brasil e do Congresso que iremos fazer um país melhor de verdade.

Leia também1 Saiba quanto custa um ministro do STF aos cofres públicos
2 Covid: Só 11% acham Bolsonaro o principal culpado por mortes
3 Bolsonaro diz ser possível baixar combustível sem "canetada"
4 Bolsonaro diz que vai sancionar autonomia do BC nesta quarta
5 Caminhoneiros chamam Doria de "ladrão" e "sem vergonha"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.