Leia também:
X PSOL condiciona apoio a Lula a ‘revogaço’ e taxação de fortunas

Líder do MBL convoca militantes para ‘guerra’ pró Mamãe Falei

Deputado Arthur do Val corre o risco de cassação do mandato

Monique Mello - 09/03/2022 14h25 | atualizado em 09/03/2022 15h43

Renan Santos, coordenador do MBL Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado nas redes sociais

Renan Santos, coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), atribuiu uma “missão” aos apoiadores e militantes, em defesa do deputado Arthur do Val (sem partido). A “convocação” se deu por uma sequência de áudios enviados a um grupo no Telegram com quase 9 mil inscritos.

– Eu sei que preciso passar uma missão para vocês. Vou passar uma missão bem clara. Vocês precisam ir para o Twitter. Vocês precisam fazer o combate às pessoas que estão atacando a gente. Vocês precisam postar várias coisas no Twitter. Não precisa puxar hashtag agora. Não precisa ser agora. Mas a gente precisa dar volume na defesa, porque é um absurdo o que está acontecendo. Isso aqui é um lance para tirar a gente do jogo. Precisamos atuar nisso agora – disse Renan.

Em tom de revolta pelos desdobramentos do caso com Mamãe Falei, o fundador do MBL fala em guerra e cita Bolsonaro e Lula.

– Para o inimigo, o importante é destruir o Arthur e só. Vocês têm uma só escolha: ir para a guerra agora, com seu soldado e os erros dele, ou não ir para a guerra e ficar aí discutindo o sexo dos anjos. Aí seu inimigo te come o c* e, no final do ano, estará lá o Lulinha e estarão lá os deputados do Bolsonaro eleitos – disparou.

O CASO
Arthur do Val, o Mamãe Falei, virou alvo de repúdio após vazamento de áudios em que afirma que as refugiadas ucranianas “são fáceis, porque são pobres”. O parlamentar, que era pré-candidato ao governo de São Paulo, foi expulso de seu partido, o Podemos, e corre o risco de sofrer cassação de mandato.

Em carta divulgada nesta terça-feira (8), o deputado pediu novamente desculpas pelo ocorrido, afirmou ter sido “machista, desrespeitoso e imaturo”. Também disse que aceita sofrer punição, embora discorde que mereça ter o mandato cassado por quebra de decoro.

Leia também1 Em carta, Arthur do Val apela para não ser cassado
2 Moro lançará Renata Abreu para o governo de SP no lugar de Arthur do Val
3 Grupo Nacional de Advogados lança nota de repúdio a Arthur do Val
4 Outro deputado é criticado por piada sexista com ucranianas
5 Arthur do Val se diz chateado com reação de Moro a áudio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.