Leia também:
X Bolsonaro elogia Zema: “Não podemos aceitar a esquerda”

Lewandowski é sorteado para analisar pedido por sabatina

André Mendonça foi indicado ao STF, por Bolsonaro, em julho

Pleno.News - 17/09/2021 20h02 | atualizado em 17/09/2021 21h01

Ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal Foto: STF/SCO/Carlos Moura

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, foi sorteado para avaliar o pedido dos senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO) para que o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), marque a data de sabatina do ex-advogado-geral da União André Mendonça.

Mendonça foi indicado ao STF pelo presidente Jair Bolsonaro. Há 2 meses, ele espera pela sabatina.

Segundo Kajuru e Vieira, foram esgotadas todas as vias internas para que o presidente da CCJ marcasse uma data para a sabatina.

– Não pode o atual presidente da comissão em questão valer-se da posição que ocupa para postergar sem qualquer fundamento razoável a realização de sabatina, especialmente considerando-se que o interesse público é gravemente aviltado em razão de sua inércia – afirma a peça, que foi assinada pelos advogados Lucas Akel Filgueiras e Pedro Miranda.

Após a sabatina e a votação do nome pela comissão, o plenário do Senado vota e decide sobre a indicação ao STF.

Leia também1 Temer: Conversa entre Moraes e Bolsonaro foi 'muito amigável'
2 Pacheco diz esperar sabatina de Mendonça "o quanto antes"
3 Cabral é interrogado antes de transferência de presídio
4 Bolsonaro promete falar "verdades" em seu discurso na ONU
5 Moraes derruba ato do governo que dificultava rastreio de armas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.