Leia também:
X Mourão: ‘Ou Ocidente usa força, ou Putin vai agir como Hitler’

Kiev: Rússia chega a Chernobyl, e há risco de acidente nuclear

Governo da Ucrânia teme que poeira radioativa se espalhe pelo continente

Pierre Borges - 24/02/2022 13h45 | atualizado em 24/02/2022 15h54

Kiev: Rússia chega a Chernobyl, e há risco de acidente nuclear
Invasão russa começou nesta madrugada Foto: EFE/EPA/UKRAINIAN DEFENCE MINISTRY PRESS SERVICE

Tropas russas invadiram há pouco a zona proibida de Chernobyl, enquanto o Exército ucraniano luta para impedir que a antiga usina nuclear desativada seja tomada. A informação foi divulgada por lideranças ucranianas nesta quinta-feira (24).

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse que seus militares estão resistindo no local, “sacrificando suas vidas para que a tragédia de 1986 não se repita”, em referência ao maior acidente nuclear da história da humanidade, que fez com que a cidade de Chernobyl ficasse inabitada até os dias atuais.

Segundo o ministro do Interior da Ucrânia, caso o conflito na região danifique os coletores de lixo nuclear, a poeira radioativa pode se espalhar pela Ucrânia, Belarus e por países da União Europeia. Zelensky disse que a ordem de invadir Chernobyl é uma declaração de guerra de Putin a toda a Europa.

O ministério das Relações Exteriores da Ucrânia também se pronunciou sobre a invasão e reforçou que, “se a Rússia continuar a guerra, [o desastre de] Chernobyl pode acontecer novamente em 2022”.

Leia também1 Saiba quem é o designer que comprou placentas e mão
2 Rússia diz que destruiu 74 instalações militares da Ucrânia
3 Mourão: 'Ou Ocidente usa força, ou Putin vai agir como Hitler'
4 Paulinha Abelha teria reagido à oração: 'Caiu uma lágrima'
5 Soma da "terceira via" fica em apenas 6% em pesquisa eleitoral

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.