Leia também:
X Depois de Monark e Adrilles, web levanta #renunciaKataguiri

Kassab não descarta apoio do PSD a Lula já no primeiro turno

Presidente do PSD disse não considerar impossível que a sigla liderada por ele firme acordo com o PT

Paulo Moura - 09/02/2022 15h05 | atualizado em 09/02/2022 16h15

O ex-ministro de Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

O presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD), Gilberto Kassab, disse nesta quarta-feira (9) não ser impossível considerar o apoio da sigla dirigida por ele ao ex-presidente Lula (PT) já no primeiro turno das eleições presidenciais deste ano. A declaração ocorreu durante o evento de filiação do vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (AM), à sigla.

– Em respeito a esses companheiros [senadores do PSD], eu não posso dizer que é impossível [uma aliança com o PT no primeiro turno]. Companheiros tão importantes no partido que [devemos respeitar e não decidir imediatamente que] a gente não tenha uma aliança [com o PT] no primeiro turno – afirmou.

Apesar da declaração, Kassab afirmou que a prioridade máxima da legenda será ter um candidato próprio na disputa presidencial.

– É importante que a gente se esforce pra ter uma candidatura a presidente no 1° turno, até porque dois turnos [são] pra isso. E, como o PSD hoje tem dimensão, não teria nenhum sentido não darmos prioridade a essa discussão – declarou.

O PSD convidou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MG), para concorrer ao Palácio do Planalto, mas o senador tem titubeado sobre se confirma ou não a candidatura, o que, segundo Kassab, deve ser definido até abril.

Leia também1 Bolsonaro participa de 'jegueata' com ministros e apoiadores
2 Biden critica projeto que proíbe orientação sexual nas escolas
3 Demissão de Bruna Torlay pode envolver a Receita Federal
4 Mourão diz que Braga Netto é capacitado para ser novo vice
5 Após fim do casamento, Medina manda recado para Yasmin

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.