Leia também:
X Empresário promove campanha para aumentar doação de órgãos

Justiça usará até WhatsApp para intimar Flordelis para audiência

Juíza Nearis dos Santos determinou que a notificação seja enviada para os endereços da parlamentar e em mensagem por aplicativo

Paulo Moura - 04/11/2020 10h49 | atualizado em 04/11/2020 10h51

Deputada federal Flordelis Foto: Câmara dos Deputados/Cleia Viana

As tentativas frustradas da Corregedoria da Câmara de notificar a deputada federal Flordelis (PSD-RJ), sobre o processo de cassação aberto contra ela, fizeram com que a juíza Nearis dos Santos, da 3ª Vara Criminal de Niterói, decidisse se precaver e optar pela intimação da parlamentar para a próxima audiência sobre a morte do pastor Anderson do Carmo através de diversos meios.

Segundo o jornal O Globo, a próxima sessão sobre o caso está marcada para o dia 13 de novembro. Na ocasião, devem ser ouvidas testemunhas de acusação e de defesa do processo que apura a morte do pastor Anderson do Carmo. Porém, para garantir que Flordelis não fuja da intimação, a juíza determinou que a notificação seja enviada para os seus endereços no Rio e em Brasília, além da intimação por WhatsApp.

Flordelis é acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro de “arquitetar o homicídio” de seu marido, Anderson do Carmo, ocorrido em junho de 2019, além de “arregimentar e convencer o executor direto e demais acusados a participarem do crime sob a simulação de ter ocorrido um latrocínio” e também “financiar a compra da arma e avisar da chegada da vítima no local em que foi executada”.

A denúncia do MP-RJ, que atinge a deputada e mais 10 pessoas, foi apresentada no dia 24 de agosto, quando os investigadores também deflagraram a Operação Lucas 12 para cumprir ordens de prisão contra os acusados, entre filhos e uma neta da deputada.

Outros dois filhos de Flordelis, Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas César dos Santos já haviam sido denunciados em agosto do ano passado. O primeiro é apontado como executor do crime e o segundo teria comprado a arma utilizada no assassinato.

Leia também1 Direção da Câmara aprova e caso Flordelis vai ao Conselho de Ética
2 Após promessa, Flordelis deixa 'revelações' para futuros vídeos
3 Suplente de Flordelis é alvo de operação contra "rachadinha"
4 Flordelis diz ter saudades do marido: "Mal consigo respirar"
5 Justiça nega liberdade para três filhos adotivos de Flordelis

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.