Leia também:
X Em caso de derrota, Maia será ‘subalterno’ de Doria, diz site

Justiça nega pedido da OAB para liberar verba para a Lei Rouanet

Entidade queria a liberação da captação de recursos por 450 projetos culturais

Pleno.News - 27/01/2021 21h02 | atualizado em 28/01/2021 11h06

Justiça nega pedido da OAB para liberar verba para a Lei Rouanet Foto: USP Imagens/Marcos Santos

O governo federal obteve uma vitória na Justiça contra a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O juiz federal Itagiba Catta Preta rejeitou um pedido da OAB que tinha por objetivo liberar a captação de recursos, por meio da Lei Rouanet, para 450 projetos culturais.

No pedido, a ordem afirmou que a Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura deixou de publicar uma portaria no Diário Oficial da União (DOU) e estimou que o setor cultural sofreu um prejuízo de R$ 700 milhões devido à demora na liberação da captação de recursos.

Em sua decisão, o magistrado afirmou que “não há como deslegitimar a escolha do Poder Executivo, ainda que pela inação. Às vezes, não agir é também uma escolha; aliás, por vezes, a melhor possível”.

Nas redes sociais, o secretário Especial de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciuncula, comentou a decisão.

– Gostaria de elogiar a decisão do senhor juiz, Itagiba Catta Preta, a respeito do MS impetrado pela OAB. É uma aula de direito e de economia que respeita o poder discricionário do Executivo, no que tange à política da antiga lei Rouanet – escreveu Porciuncula.

Leia também1 Em caso de derrota, Maia será 'subalterno' de Doria, diz site
2 Bolsonaro: "O leite condensado é pra enfiar no r*** da imprensa"
3 EUA: Porta-voz de Biden dispara críticas contra a Huawei
4 Bolsonaro quer relação pacífica com novo presidente da Câmara
5 Governo não tem contrato com empresas privadas por vacina

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.